quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Quatro coisas que os cristãos precisam saber sobre o surto de Ebola

Com o retorno de dois missionários norte-americanos para o tratamento nos EUA, o Centro de Controles de Enfermidades ("CDC - Center for Disease Control") relata que esta é a primeira vez na história dos Estados Unidos de se tem registros que alguém infectado com Ebola entrou na nação.

Por: http://guiame.com.br/

No final de julho dois norte-americanos, incluindo a missionária Nancy Writebol da agência "SIM EUA" e o Dr. Kent Brantly da "Samaritan's Purse", foram diagnosticados com o vírus mortal Ebola, enquanto trabalhavam em Monrovia, Libéria (África).

Ambas as organizações baseadas na fé cristã chamaram a atenção de todos para uma resposta internacional à epidemia de Ebola na Libéria e nos países vizinhos. A situação no país situado na África Ocidental continua sendo preocupante, pois o vírus ainda está se espalhando.

Com o retorno de dois missionários norte-americanos para o tratamento nos EUA, o Centro de Controles de Enfermidades ("CDC - Center for Disease Control") relata que esta é a primeira vez na história dos Estados Unidos de se tem registros que alguém infectado com Ebola entrou na nação.

Essa constatação chama a atenção para "Cinco coisas que os cristãos precisam saber sobre o surto de Ebola"

1. No que o Ebola é diferente dos outros vírus? 

Batizado com o nome do rio Ebola, no Zaire (hoje República Democrática do Congo), ao contrário de alguns vírus que mudam ao longo do tempo, o Ebola praticamente permaneceu o mesmo desde sua descoberta, em 1976. Especialistas afirmam que este fato demonstra que o ambiente em que o vírus é encontrado é terrivelmente insalubre, com condições precárias de saneamento básico e esgoto em vez de o vírus em si ter se tornado mais volátil.

O vírus Ebola é composto por cinco espécies: Bundibugyo, Costa do Marfim, em Reston, Sudão e Zaire - fazendo alusão aos seus lugares de origem. Quatro destes cinco causaram doenças em seres humanos. Embora o vírus Reston possa infectar os seres humanos, não foram relatadas doenças ou mortes causadas por este.

2. Como o Ebola se prolifera? 

 Anteriormente conhecida como febre hemorrágica Ebola, a doença é contraída através de contato direto com o sangue, secreções, órgãos ou outros fluidos corporais de animais infectados. Na África, a infecção foi documentada através da manipulação de chimpanzés, gorilas infectados, morcegos, macacos, antílopes florestais e porcos-espinhos encontrados doentes ou mortos ou na floresta.

A Organização Mundial de Saúde relata que a escala do surto de Ebola em curso não tem precedentes, com cerca de 1.599 casos confirmados e suspeitos relatados e 886 mortes na Guiné, Libéria e Serra Leoa desde março de 2014.

Dra. Margaret Chan, diretora geral da OMS adverte que as consequências do surto podem ser "catastróficas", considerando o vírus está se espalhando mais rápido que a capacidade de controlá-lo.

"A escala do surto de Ebola, e a ameaça persistente que representa, requerem a OMS e a Guiné, Libéria e Serra Leoa levem os resultados a um novo nível, e isso vai exigir mais recursos, perícia médica no país, preparação e coordenação regional. Os países identificaram o que eles precisam, e a OMS está chegando à comunidade internacional para levar o plano de resposta adiante", destacou.

As organizações de saúde estão trabalhando para chegar à frente do Ebola, mas a organização médica internacional Médicos Sem Fronteiras (MSF) afirma que fundos adicionais são necessários para combater o vírus.

"A epidemia está fora de controle. Com o surgimento de novos sites na Guiné, Serra Leoa e Libéria, há um risco real de se espalhar para outras áreas", disse o Dr. Bart Janssens, diretor de operações de MSF.

Apenas algumas organizações estão tratando as pessoas afetadas pelo vírus, que pode matar até 90 por cento das pessoas infectadas.

3. Quais são os sintomas e existe uma cura para o Ebola? 

Os Médicos Sem Fronteiras informaram que no início, os sinais de alerta são amplos, o que torna o diagnostico mais difícil. Os sintomas podem aparecer entre dois a 21 dias após a exposição ao vírus.

De acordo com CDC, os sintomas apresentados pelo Ebola geralmente incluem febre, dor de cabeça, dores articulares e musculares, fraqueza, diarréia, vômitos, dor de estômago e falta de apetite. Alguns pacientes podem ir para experiências mais extremas, como olhos vermelhos, fortes soluços, dores no peito, dificuldade em respirar e engolir.

O tratamento padrão para o Ebola é limitado à terapia de suporte. Isto consiste em hidratar o paciente, mantendo o seu estado de oxigénio e pressão arterial, para tratar quaisquer outras infecções.

Nos últimos dias, Dr. Brantly, de 33 anos de idade recebeu tratamento com um soro experimental no Hospital da Universidade de Emory, em Atlanta, Georgia, que teve um impacto imediato e favorável em seu estado de saúde.

4. Foi correto permitir que os norte-americanos infectados voltassem para os EUA? 

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças informaram que há um medo crescente sobre a proliferação do vírus entre os americanos. Tanto é que o CDC confirmou que recebeu e-mails "desagradáveis" e mais de 100 ligações de pessoas com frases do tipo: "Como vocês ousam trazer o vírus do Ebola ao país?".

Nos últimos dias, personalidades conhecidas já opinaram sobre a decisão de permitir que os dois americanos infectados voltassem para os EUA.

Na TV Newsmax, o Dr. Ben Carson criticou a decisão. Neurocirurgião aposentado e comentarista conservador, Carson afirmou que uma delegação médica equipada com os suprimentos e recursos para fornecer cuidados necessários deveria ter sido enviado para a África.

"É uma doença altamente contagiosa e que requer algumas infrações nos procedimentos. De repente, você tem mais propagação e é disso que eu tenho medo", disse Carson.

O bilionário Donald Trump se juntou a Carson ao também condenar a decisão.

"Não deixem que pacientes com Ebola entrem nos EUA. Tratem deles, com o mais alto nível ali [África]. ESTADOS UNIDOS TEM PROBLEMAS o suficiente!", postou o empresário em seu perfil oficial do Twitter.

Mas muitos que têm servido no campo missionário discordam veementemente das opiniões acima.

Tendo atuado em países como Índia, Tibet, Japão e em todo o continente africano como enfermeira internacional para ação após desastres, Jill Davidson disse que o Dr. Brantly e Nancy Writebol têm servido sacrificialmente o "menor destes" na missão e deve ser atribuído o mesmo tipo de relação em sua terra natal.

"Isso me deixa realmente irritada que eles estão respondendo desta forma. Sei que as pessoas estão com medo, mas estes são cidadãos americanos, e eles têm uma melhor chance de sobrevivência aqui em os EUA", destacou.

Davidson afirma que os críticos precisam entender como estão horríveis as condições em países subdesenvolvidos e que não julgaria tão duramente a decisão de permitir que os norte-americanos retornassem para o tratamento em país.

"Estou feliz que os trouxeram para casa e deram-lhes os melhores cuidados possíveis, aumentando a chance de sobrevivência", celebrou.

Penny Dugan é fundadora e diretora da agência "New Jerusalém" missões baseadas em Newton, Kansas. Ela trabalhou com as pessoas infectadas com o vírus da AIDS por mais de duas décadas.

Em 2004, Dugan estabeleceu um hospital em Durban, África do Sul, que representava uma ameaça ainda maior de contaminação.

"Como missionário e estando muito doente na África que eu gostaria de estar em casa. Eu acho que é o mínimo que podem fazer é cuidar dos seus próprios cidadãos. Nós cuidamos de todos os outros", disse.

Com informações do Christian Head Lines / Religion Today

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 


www.amigosdebolso.com.br

Cristãos em Iraque: ‘Só queremos voltar para casa’

Bem como sucedeu em Mossul, os cristãos de *Qaraqosh, no norte de Iraque, viram-se obrigados a sair de suas casas e iniciar uma marcha para outros lugares para procurar refúgio imediato.

Por: http://www.protestantedigital.com.br/


Segundo conta uma reportagem da agência *Efe, há centenas de cristãos deslocados a *Erbil, outra das principais cidades da zona e que está entre os objetivos mais imediatos do Estado Islâmico, ainda que por enquanto não tem conseguido chegar até ali, depois da ofensiva dos grupos curdos e a ação militar dos Estados Unidos.

Na igreja Mar *Yusef encontram-se dezenas de cristãos fugidos de outras regiões. Querem, antes de mais nada, poder regressar a seus lares. “Quando me neguei a converter ao islam começaram a me bater, me roubaram todos os documentos e com uma faca me deixaram *torto”, relata a *Efe *Mujlis *Yusef *Yajub, de 35 anos, residente em *Qaraqosh e agora deslocado neste templo no bairro de *Ankawa da capital curda.


*Yajub *rememora assim o sucedido na passada terça-feira, quando os *yihadistas do Estado Islâmico ocuparam sua cidade, no norte de Iraque, e realizaram uma *redada em procura de cristãos, aos que obrigavam a converter ao islam ou a fugir de seus lares.


Com o olho visivelmente afetado, *Yajub recorda como um grupo de homens armados lhe assaltou e sequestrou umas horas, durante as que lhe *bateram com pau, na antiga casa do governador da cidade, até que um comando superior do *EIIL ordenou que o liberassem.ya*jub se foi, mas deixou atrás a sua mulher e a sua filha, que se escondem em *Qaraqosh, a que até a semana passada era a maior população cristã de Iraque.


NECESSIDADE DE ALIMENTOS

Como *Yajub, na igreja de Mar *Yusef (San José) há centenas de cristãos árabes que se viram obrigados a abandonar suas casas para refugiar na capital do *Kurdistán iraquiano.


Famílias reunidas baixo as poucas árvores que dão algo de sombra no meio do *sofocante calor iraquiano, meninos com sorrisos serenos ante o que lhes está a suceder ou improvisados, cozinheiros que preparam a comida são alguns dos elementos da paisagem desta igreja, hoje reconvertida em campo de refugiados. “Assim que começamos a escutar disparos nos fomos todos”, diz a *Efe *Nayi *Yadar.


Este antigo guarda de uma igreja de *Qaraqosh relata como levou na passada terça-feira num *motocarro a doze membros de sua família, entre eles sua mulher e seus três filhos, em direção a *Erbil para fugir do *EIIL. Algo parecido, mas num carro alugado e desde Mossul, a capital da província setentrional iraquiana de *Nínive, fez *Saad *Nayim, antigo empregado do Ministério de Recursos Hídricos. *Nayim, de 44 anos, fugiu o passado 8 de junho, quando o *EIIL chegou a sua cidade, para *Bartila, de onde teve também que escapar dias depois ante o avanço dos *yihadistas na região.


Hoje, nesta igreja de *Erbil, *Nayim queixa-se de que não há nada que fazer e de que só podem comer arroz e coisas simples” que lhes traz a gente, pois já não lhes fica nada de dinheiro. Dormem em tendas que espalham sobre o pátio *ajardinado da igreja.


“Ninguém vai fazer nada por nós, não tenho nenhuma esperança de que o Governo iraquiano se vá preocupar pelos deslocados cristãos”, afirma *Yajub, quem culpa ao premiê em funções hoje apartado do poder, *Nuri ao *Maliki, do *éxodo cristão no norte do país depois de ter abandonado” Mossul o passado junho.


Desde que começasse esta crise provocada pelo avanço do *EIIL, que tem proclamado um *califato que se estende a ambos lados da fronteira entre Iraque e Síria, se estima que uns 120.000 cristãos se viram obrigados a fugir destes milicianos *yihadistas.


AUMENTA O COMPROMISSO ECONÓMICO DA UE

A União Européia tem anunciado o aumento do orçamento anual para Iraque, atingindo os 20 milhões de euros.



Desde Europa, alguns países estão a tomar também ações *prátcas. Grã-Bretanha disse que enviou vários aviões de combate “Tornado” em apoio às equipas que distribuem assistência aos refugiados *yazidíes desabrigados no meio do monte *Sinjar.



Um *corresponsal da BBC na fronteira entre Iraque e Síria informou ter visto filas de refugiados *yazidíes cruzando a fronteira, muitos a pé. Descreveu a crianças e bebés que jaziam *definhando-se ao lado da estrada no *abrasador calor, demasiado débis para falar ou chorar.


Anteriormente, um porta-voz das Nações Unidas na cidade iraquiana de *Irbil expressou que a situação era uma séria crise humanitária.


CHAMADOS À ORAÇÃO E JEJUM

Igrejas, denominações e organizações de todo mundo estão a expressar seu desejo de paz para Iraque e a intenção de orar pela situação das minorias neste país.


A organização Portas Abertas tem feito um chamado à oração e o *jejum para a próxima sexta-feira 15 de agosto. “Nossos irmãos de Iraque são vítimas da violência mais horrível. Não podemos calar ante semelhante *barbarie. Devemos levantar nossas vozes e nossas orações ao Senhor para *interceder por nossos irmãos”, expressava numa carta enviada nesta terça-feira.

“Queremos propor-vos que envolvais a vossas igrejas num dia de oração e *jejum nesta sexta-feira 15 de agosto. Sabemos que é algo precipitado mas a urgência da situação de nossos irmãos assim o requer. Sabemos que todas as igrejas têm seus programas organizados, mas seria *estupendo que façais pública a gravidade da situação da igreja em Iraque”, dizem desde Portas Abertas, que segue de perto a situação dos cristãos na região.



www.amigosdebolso.com.br

Apagão durante casamento, gera indenização de R$20.000,00 aos noivos

Concessionária EDP Bandeirante alegou que o casal de noivos deveria ter contratado igreja com gerador!

Por: Maíra Teixeira - iG São Paulo

Com falta de energia estragou cerimônia de casamento

Apagão durante casamento, gera indenização de R$20.000,00 aos noivos
Um casal de noivos de São José dos Campos (a 100 km de São Paulo) teve um casamento à luz de emergência após uma queda no fornecimento de energia. Passada toda a emoção da data, o casal entrou na Justiça contra a fornecedora de energia EDP Bandeirante, que foi condenada ao pagamento de R$ 20 mil por danos morais.

De acordo com informações do processo do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), o fornecimento de energia foi interrompido por volta das 19 horas, em plena cerimônia de casamento. A noiva entrou na igreja apenas com as luzes de emergência acesas e a celebração se deu na penumbra. Ainda cabe recurso. Procurada pelo iG, a EDP informa que não foi intimada acerca desta decisão.

Segundo Tatiana de Oliveira Fernandes, advogada do casal, a EDP Bandeirante alegou em defesa que a igreja deveria possuir um gerador para situações como essa e também culpou o casal, que deveria contratar um serviço que possuísse gerador. Tatiana informa ainda que o casamento ocorreu em fevereiro 2011.

"Serviço essencial não pode ser interrompido dessa forma. No caso do casal, uma falha da empresa causou constrangimento em um momento importante da vida. Nesses casos, cabe indenização por dano moral", explica Tatiana. Ela informa ainda que os consumidores podem requerer uma indenização por dano material quando há prejuízos decorrente da suspensão do serviço essencial, como falta de água, de luz ou gás.

O voto da relatora do processo (que está na 7ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo),  Mary Grün, confirma a tese da advogada. Segundo o processo, a relatora afirma não haver dúvida na ocorrência de falha na prestação de serviços, diante da negligência na gestão do serviço público de caráter essencial.

“Ficaram evidenciados os danos acarretados ao casal, que se traduzem em transtornos e frustações em momento tão esperado e importante. Não se pode ignorar que aqueles que optam em realizar uma cerimônia de casamento valorizam muito o seu simbolismo; somam durante anos ou meses esforços psíquicos e econômicos para a sua realização”, afirma a relatora.

Leia mais aqui: http://economia.ig.com.br/




www.amigosdebolso.com.br

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Casal é pressionado a negar sua fé

No Quirguistão, embora a Constituição do país garanta liberdade religiosa aos cidadãos, há cada vez mais restrições à liberdade de se reunir e se expressar. O governo não apoia oficialmente nenhuma religião.

Asan*, de 27 anos e sua esposa, Jamilya*, de 25, eram muçulmanos antes se converterem ao cristianismo e, agora são membros de uma igreja em uma das aldeias no Quirguistão.

Há um ano, Asan orou para receber Cristo quando seu ex-colega de classe compartilhou o evangelho com ele. Após isso, Asan falou sobre isso com Jamilya e, depois de um tempo, ela também orou para receber Cristo.

Os dois começaram a frequentar a igreja em sua cidade natal. Recentemente, seus parentes descobriram sobre sua nova fé. Na semana passada, o tio e os primos de Asan visitaram o casal e os ameaçaram fortemente, exigindo que eles neguem a Cristo e voltem ao islamismo.

Ore por Asan e Jamilya, que têm passado por estresse e medo com essa situação.

*Nomes alterados por motivos de segurança.

Leia mais aqui: https://www.portasabertas.org.br


www.amigosdebolso.com.br

Brasil e Eritreia servindo a Igreja Perseguida juntos

A visita da cristã eritreia Helen Berhane ao Brasil impactou mais de duas mil pessoas, que decidiram assumir o compromisso de se envolver na causa dos cristãos perseguidos após ouvir o seu testemunho de fé e perseverança em Cristo.

A primeira vez que Helen Berhane esteve no Brasil foi em 2011. Desde 2006, quando saiu da prisão – um contêiner de metal na Eritreia, para onde foi levada por sua fé Jesus e depois terrivelmente espancada até ser dada como morta – ela se dedica a contar a sua história de confiança e intimidade com o Senhor ao maior número de pessoas que puder.

Desde essa época também, Helen está envolvida com a Portas Abertas, que a ajudou nos momentos mais difíceis de recuperação e agora a leva para falar da Palavra de Deus em outros lugares. Em setembro de 2014, ela veio ao Brasil novamente e pôde estar em igrejas de três estados diferentes, encorajando os irmãos a servirem à Igreja Perseguida. Ao compartilhar sua dor, Helen disse que se sentiu muito acolhida pela Igreja brasileira.

Muitos cristãos, que encontraram Helen, viajaram por horas somente para estar com a cantora e dizer-lhe que oraram por ela enquanto esteve presa. Por todas as igrejas que passou, ela afirmava: “Eu sou o resultado das orações da Igreja no Brasil. Muito obrigada!”.

Há sete anos, Helen conseguiu exílio na Dinamarca, onde faz questão de ser “a voz daqueles que não podem falar”, como ela mesma afirma. Ela conta que ainda há muitos cristãos presos em contêineres na Eritreia, alguns inclusive, que cuidaram dela no seu tempo de prisão. “Eu me lembro deles sempre que vou comer, sempre que vou me deitar, porque eles não têm comida, nem onde dormir”.

Para cristãos que vivem aqui no Brasil, tão distantes dessa dura realidade, ela destaca que Deus não nos coloca num contexto de liberdade para que nós nos acomodemos, mas para trabalharmos ainda mais em favor de nossos irmãos, ao redor do mundo, que enfrentam a perseguição.



www.amigosdebolso.com.br

Deus mandará praga pior que o vírus ebola! como punição ao casamento gay.

Pastor afirma que Deus mandará praga pior que o vírus ebola como punição ao casamento gay

Deus mandará praga pior que o vírus ebola! como punição ao casamento gay.
Ron Baity, pastor da Igreja Batista Bereana em Winston-Salem,

A epidemia de ebola seria apenas uma prévia da ira de Deus contra a homossexualidade e a legalização do casamento gay, segundo um pastor norte-americano, que acredita que outros males virão sobre a humanidade em breve.

Ron Baity, pastor da Igreja Batista Bereana em Winston-Salem, no estado da Carolina do Norte, disse que Deus está tão irritado com o pecado da homossexualidade que enviará uma maldição pior do que o vírus ebola.

“Você acha que o ebola está ruim agora, é só esperar”, disse o pastor Ron durante seu sermão no domingo, segundo informações do Huffington Post.

A revolta do pastor nasceu da decisão de um juiz em anular a proibição do casamento gay na Carolina do Norte. Os legisladores do estado haviam aprovado uma lei contra a união homoafetiva, mas após ativistas gays recorrerem, a Justiça derrubou o projeto.

“Se você pensar por um minuto e achar que Deus vai ficar de braços cruzados e permitir que isso vá em frente sem repercussões, é melhor você parar e repensar esta situação. Eu quero que você entenda, que [o casamento gay] é crua e puramente uma blasfêmia”, disse o pastor durante um sermão no último domingo, 12 de outubro.

Ron Baity também fez comparações entre o casamento gay e as cidades de Sodoma e Gomorra, que são mencionadas na Bíblia por serem centros de promiscuidade e por terem sido destruídas por Deus.

“Meu amigo, nós estamos merecendo, estamos trazendo o juízo de Deus sobre esta nação tão certo como Sodoma e Gomorra foram destruídas. Não se surpreenda com as pragas. Não seja surpreendido com o julgamento de Deus. Você acha que Ebola está ruim, mas espere. Se não for isso, vai ser outra coisa”, alertou o pastor batista.

Os Estados Unidos atravessam um período em que os cristãos têm sido perseguido por manter posturas firmes contra a homossexualidade e o casamento gay, e sofrido pressão de ativistas ateus que acusam as igrejas de atentar contra a laicidade do Estado.

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br/


www.amigosdebolso.com.br

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Profecias se cumprindo 2015 o ano sombrio

E o irmão entregará à morte o irmão, e o pai ao filho; e levantar-se-ão os filhos contra os pais, e os farão morrer. Marcos 13:22

Transcrição do Vídeo: Profecias se cumprindo. 2015 o ano sombrio!
Canal Youtube: Mundo e a Realidade


Notícias - Cidade Alerta

Pai mata filho, chama resgate e foge - (Foto do jovem assassinado). O jovem era integrante de uma banda Rock, estava separado da esposa e morava com os Pais a cerca de três meses.

Ao agredir a própria mãe e irmã, o Pai então o enfrentou e o golpeou nas costas com uma faca.

Após o crime, o Pai pediu socorro para o filho e fugiu.

E Sereis odiados por todos por amor do meu nome; mas quem perseverar até ao fim, esse será salvo - Marcos 13:13

Hoje, religiosos pesquisadores de várias partes do mundo, comparam os textos e profecias Bíblicas com os acontecimentos atuais.







Tu porém, Daniel, cerra as palavras e sela o livro, até o fim do tempo; muitos correrão de uma parte para outra, e a ciência se multiplicará. - Daniel 12:4

Hoje, cada vez mais, a ciência tenta explicar tudo com suas teorias, e cada vez mais estamos tapando os nossos olhos e fechando nossos ouvidos para os ensinamentos de Deus! Ou seja, mais uma profecia da Bíblia se cumprindo!






Surgirão falsos cristos e falsos profetas, que farão grandes prodígios e maravilhas para enganar, se possível até os eleitos. Mateus 24:24

Com efeito, o mistério já opera e aguarda somente que seja afastado aquele que agora o detém; então, será, de fato, revelado o iníquo. - Tessalonicenses 2:7.






O Anticristo já está presente, camuflado, em algum lugar aguardando apenas o momento de manifestar-se. Alguns aspectos do seu futuro governo, segundo a Bíblia:

1 - Ele governará o mundo inteiro,
2 - Ele governará com consentimento internacional,
3 - Ele controlará a economia mundial,
4 - Ele fará um acordo de paz com Israel.

Ou Seja: A Nova Ordem Mundial


Em 29 de maio de 2014, Joe Binden, Vice-presidente dos EUA, em discurso durante a graduação de 995 cadetes da Força Aérea Americana, realizada em Colorado Springs, em flagrante contraposição ao discurso proferido naquela mesma ocasião pelo Presidente Obama (que ressaltou a necessidade de a política externa dos EUA começar a influenciar o mundo não como um barril de pólvora, mas liderando exemplos de diplomacia), saiu-se com essa (grifos nossos):

Eu acredito que nós e particularmente vocês, suas classes, suas turmas, têm uma oportunidade incrível de liderar e moldar uma Nova Ordem Mundial para o século 21.

Oriente médio em chamas, Guerras contra o estado Islâmico, Estados Unidos atacando o Estado Islâmico em Bagdá, Ameaças de Assad.

Na Síria, E.U.A. e Árabes, lançam mais de 50 ataques contra o Estado Islâmico. Rússia e Irã protestam.

Obama anuncia plano contra o Estado Islâmico em pronunciamento à noite.

Coisas terríveis podem acontecer em 2015, o início das guerras ao fim pode matar bilhões de pessoas! Três Bilhões de pessoas poderão morrer.

Rumores de guerra e Guerras, Pestes, fome, Catástrofes e depois: A Paz Mundial...

Momento conhecido como: "Períodos de Tribulação", no qual já estamos.

Não sei se o Brasil irá entrar em Guerra, Mas as bombas nucleares poderão causar terremotos, tsunamis e várias outras catástrofes.

E haverá terremotos em diversos lugares, e haverá fomes e tribulações. Estas coisas são os princípios das dores. Marcos 13:8


Não negue aquilo que já está diante dos teus olhos! Pois o pior cego é aquele que não quer ver!




Fonte: Mundo e a Realidade



www.amigosdebolso.com.br

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Marcelo Aguiar confessa vida dupla e é perdoado pela Igreja e pela sua família.

Pr. Marcelo Aguiar (Deputado Federal, 2014).
Um vídeo publicado no Youtube em 05/10/2014, acusa o Pastor Marcelo Aguiar (Igreja Renascer em Cristo), de ter uma vida dupla. No vídeo (Assistido por mais de 2.700 pessoas), em formato de Slide Show, aparecem diversas fotos do Pastor, Cantor e Deputado Federal, em situações bastante íntimas e apaixonadas.

A autoria do vídeo é desconhecida e foi divulgada num canal chamado "Renascer Sincera", com a seguinte nota de resumo:

Deputado da renascer que tem vida dupla e logo terá outros filhos com a amante, enquanto isso, apresenta sua família (matriz) como se estivesse tudo bem para uma excelente campanha a deputado federal...

Sua família é um projeto de deus. (slogan do candidato).
E a gente vai crescendo. (slogan da renascer).

Caso confirmado

A Redação do Gospel+ procurou o Pastor, que por meio de sua assessoria confirmou que houve o caso com outra mulher; Porém, desde abril/2014, Marcelo já teria pedido perdão à sua família.

Abaixo, o posicionamento do Pastor Marcelo Aguiar sobre o caso:

Diante dos comentários que vem se espalhando pela internet, o cantor Marcelo Aguiar vem a público para esclarecer que realmente passou por problemas pessoais a um tempo atrás, problemas que atingiram sua família e ministério. Porém hoje Marcelo vive a restituição da sua vida e da sua família, pela graça de Deus e o perdão do corpo.

Houve o perdão e a reconciliação do casal debaixo do amor e do sangue de Jesus, e em abril de 2014, por decisão própria, Marcelo Aguiar cumpriu o que a Palavra diz em Tiago 5:16 ( Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados…), e recebeu o perdão e o abraço do Corpo de Cristo. Na mesma época nasceu a canção “A volta do Filho” que marca esse recomeço em sua vida e ministério.

Desde então Marcelo Aguiar como deputado federal levantou mais alto ainda a bandeira da defesa da família, pelas marcas da RESTITUIÇÃO que recebeu na sua própria vida. “Deus me deu um recomeço, e quero contribuir para que mais famílias possam recomeçar também” , disse.

Deus abençoe a todos


O vídeo que continha a denúncia, foi removido do youtube.
Veja a matéria na íntegra aqui: Gospel+

Marcelo Aguiar está preparando um novo projeto musical para o final deste ano.  A primeira música de trabalho é “A Volta do Filho”, que foi gravada em parceria com o cantor Thalles Roberto. A letra foi inspirada na Parábola do Filho Pródigo, contada por Jesus, no evangelho de Lucas 15.

O videoclipe da canção foi lançado oficialmente nesta segunda-feira (28/07), por Apóstolo Estevam Hernandes, no programa Renascer em Revista, da Rede Gospel de Televisão. Veja a seguir: