quarta-feira, 15 de abril de 2015

Filha de pastor é primeira transexual a usar nome social em escola do Vale

Israel passou a ser chamado de Thifany pelos professores e alunos da escola onde estuda

Fonte: http://g1.globo.com

Ele nasceu Israel, mas escolheu ser Thifany. O novo nome é pronunciado na chamada da escola e também consta na carteirinha estudantil. Filha de pastor evangélico, a transexual de 17 anos mora em Jacareí, e é a primeira aluna a usar o nome social em uma escola da rede estadual no Vale do Paraíba. Em todo Estado, são apenas 44 casos como o dela.



O direito de transexuais e travestis de ser chamado pelo nome social no âmbito escolar foi conquistado por meio de uma resolução estadual de 2014. No caso de adolescentes, como Thifany, é necessária autorização dos pais.

Para ela, mais que um direito, a possibilidade de 'trocar de nome' é uma forma de vencer as barreiras do preconceito. "Tive que vencer muitos preconceitos durante a minha vida escolar, passei por muitas coisas, inclusive já fui ameaçada. Nessa escola fui bem recebida, me sinto aceita pelo que eu sou e tenho já muitos amigos", afirmou a jovem que usa cabelos longos e não descuida do visual.

O primeiro desafio de Thifany para adotar o nome social foi convencer o pai a autorizar a mudança. Apesar de ter convicções pessoais diferentes, o pastor acatou o pedido do filho. Ele confessa que enfrentou críticas por sua postura, mas acredita que agiu corretamente. “Meu filho estava irredutível. Não queria mais estudar. Só sorriu quando fomos fazer a matrícula e eu autorizei a mudança de nome”, recordou o pastor Rubem Borges.

Por conta do trabalho de evangelização do pai, a jovem, que é baiana, já mudou de cidade e também de escola muitas vezes. Para a transexual, cada mudança era um novo desafio para ser aceita entre os novos colegas.

Antes do início das aulas de Thifany, em Jacareí, a diretoria de ensino promoveu uma ação pontual de dois dias sobre a diversidade de gêneros na escola onde ela foi matriculada. “Além dos alunos, a orientação foi feita com professores, gestores e funcionários. O preconceito é justamente a falta de conhecimento. Não pode haver qualquer discriminação no âmbito escolar”, explicou a orientadora pedagógica Fernanda Rezende.

Em todas atividades escolares, a resolução estadual garante que o transgênero seja chamada pelo nome social. A medida só não abrage documentos como diploma, declarações e histórico escolar - neste caso, o nome de registro é mantido.

Abrangente

Uma resolução da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, publicada neste mês de março, é ainda mais abrangente e permite que estudantes transgêneros possam escolher se querem usar o banheiro masculino ou feminino e o tipo de uniforme escolar de acordo com a sua identidade de gênero.

O aluno pode ainda ter o nome social com o qual se identifica inserido em todos os processos administrativos da vida escolar, como matrícula, boletins, registro de frequência, provas e até em concursos públicos.

A resolução não tem força de lei, mas é uma recomendação para que as instituições de educação adotem práticas para respeitar os direitos de estudantes transgêneros.

A pedagoga que fez o trabalho de integração de Thifany na escola em Jacareí disse que o tratamento adequado dado ao grupo na escola é importante para reduzir a evasão escolar, já que muitos travestis e transexuais deixam de estudar por contada discriminação. Além disso, segundo ela, o abandono da família leva muitos às ruas, ao consumo de drogas e à prostituição. “Sozinhas nas ruas, sem estudos, para algumas a prostituição é a única forma de sobrevivência”, disse.

Thifany conhece pessoas que vivem essa realidade e disse ser uma pessoa feliz pelos preconceitos vencidos, pela a amizade dos colegas e amor da família. “Meu pai nunca ameaçou me mandar embora de casa, eu sei que ele não gosta [da minha opção sexual], mas me aceita”, afirmou.

Para o pastor Rubens, o amor pelo filho sempre falou mais alto. “No meu trabalho tiro pessoas da rua, como poderia colocar meu meu filho para fora de casa? Ele é uma pessoa boa, carinhosa e estudiosa, agora ele quer fazer um estágio e vamos conseguir isso também”, disse o pai.

Fonte: http://g1.globo.com



www.amigosdebolso.com.br

terça-feira, 7 de abril de 2015

Projeto Aprovado! Serviços públicos serão prioridade em Igrejas

Sem discussão, vereadores aprovam projeto que torna a segurança pública e obras de infraestrutura prioridade em áreas situadas nas redondezas de templos religiosos.

Fonte: http://arede.info/jornaldamanha

Os vereadores de Ponta Grossa aprovaram o projeto que torna as proximidades das igrejas prioridade para o atendimento de serviços públicos de infraestrutura e segurança. Aprovada em segunda discussão por unanimidade na tarde de ontem, a nova lei segue para a sanção ou veto do prefeito Marcelo Rangel (PPS).

De acordo com a iniciativa do vereador Pastor Ezequiel Bueno (PRB), a Prefeitura de Ponta Grossa deverá dar atenção especial para as áreas situadas em até 100 metros dos portões de templos religiosos. A proposta foi aprovada sem discussão, através de votação simbólica.

O atendimento prioritário envolve a pavimentação de ruas, manutenção de calçadas, poda de árvores, limpeza de terrenos, construção de faixas elevadas, melhoria na sinalização do trânsito, investimentos em iluminação pública, além de ações da Guarda Municipal de patrulhamento e repressão do comércio de ambulantes nas redondezas das igrejas.
A proposta também prevê a fiscalização intensiva do comércio localizado dentro do raio dos templos religiosos. Para que as medidas sejam executadas, o projeto autoriza a Prefeitura a firmar parceria e convênios com entidades ou estabelecimentos nas regiões ‘imunizadas’ pela nova lei.

Autor da lei, Pastor Ezequiel agradeceu o voto favorável dos colegas e negou privilegiar as igrejas com a medida. “Eu não pedi privilégio, de maneira nenhuma. O que estou pedindo é respeito para com a igreja”, disse. “E não é a igreja evangélica. Estou falando em templos religiosos, aos quais nós fazemos por amor e fazemos aquilo que o Estado, a Federação e o Poder Municipal deveriam fazer”, completou.

O vereador Professor Careca (SD) também saiu em defesa do ex-presidente da extinta bancada evangélica, que foi dissolvida em dezembro do ano passado na Câmara Municipal. Além de elogiar as prioridades impostas pelo Pastor à Prefeitura, Careca cobrou a sanção e a execução da lei pelo prefeito Rangel. “Sabemos que uma lombada estendida custa em torno de R$ 12 mil. A grande preocupação é se o município vai ter como fazer ou não”, afirmou.

ESTADO LAICO

‘Lei é inconstitucional’, diz especialista
Para o professor de direito constitucional da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) e teólogo Alexandre Almeida Rocha, a lei aprovada por unanimidade na Câmara é inconstitucional. Rocha destaca a laicidade da Constituição Federal e diz que as medidas ferem o princípio da proporcionalidade, que garante o equilíbrio entre as garantias constitucionais. “No meu entendimento, a questão da segurança pública deve ser fundamentada em outros dados e não meramente em uma questão territorial. Uma área não pode ter prioridade de um serviço público, como a segurança, única e exclusivamente por possuir um templo”, afirma. Rocha ressalta, ainda, que não há definição clara sobre ‘templos religiosos’.

Fonte: http://arede.info/jornaldamanha


www.amigosdebolso.com.br

Pastor acusado de homicídio, permanece em silêncio no tribunal

Mulher é assassinada por Pastor (com golpes de navalha no pescoço) ao tentar intervir e socorrer sua cunhada que estava sendo agredida pelo homem. Durante julgamento, o Pastor preferiu ficar em silêncio.

Fonte: http://www.cmjornal.xl.pt

O pastor acusado de esfaquear duas mulheres em Carrazeda de Ansiães (Portugal), no distrito de Bragança em 04/08/2014, recusou-se nesta terça-feira (07/04/2015) a prestar declarações no início do julgamento em que responde pelos crimes de homicídio consumado e na forma tentada.

O arguido de 39 anos, que incorre na pena máxima de 25 anos de prisão, preferiu ficar em silêncio quando questionado pelo presidente do coletivo de juízes se pretendia falar sobre a acusação de ter agredido, em agosto, com uma navalha duas mulheres, provocando a morte a uma delas.

A vítima que sobreviveu, Maria Celeste, foi a primeira a testemunhar no julgamento que decorre em Bragança.

Contou ao tribunal como começaram as desavenças com o arguido de quem, segundo disse, era vizinha e amiga e a quem emprestou um armazém, alegado motivo dos conflitos que levaram às agressões que estão a ser julgadas.

Os crimes ocorreram há oito meses, na noite de 04 de agosto, numa festa da aldeia de Vilarinho da Castanheira, Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança.

O suspeito esteve desaparecido durante 15 dias e acabou por se entregar voluntariamente às autoridades, a 19 de agosto, permanecendo, desde então, em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Vila Real.

O arguido, de 39 anos, responde pelos crimes de homicídio qualificado na forma consumada e homicídio qualificado na forma tentada. Uma das mulheres com 41 anos morreu e a outra, agora com 58, ficou gravemente ferida. Segundo a acusação, o arguido começou por se envolver numa discussão verbal com a vítima que acabaria ferida, ainda no recinto da festa.

O arguido terá mesmo arremessado cerveja à cunhada desta mulher, que se encontrava também no local e que viria a morrer.

A acusação descreve que o arguido seguiu a mulher que lhe mandara desocupar o armazém e os familiares até à residência e quando estes chegavam ao portão adiantou-se-lhes, agarrou o braço da mulher com quem iniciou a contenda, puxou-lhe a cabeça para trás e golpeou-a por duas vezes no pescoço.

A cunhada acorreu em socorro da vítima e acabou por ser morta com um golpe da mesma navalha no pescoço.

A acusação refere ainda que o arguido se afastou do local, mas regressou instantes depois empunhando uma espingarda ilegal e apontando-a ao marido da vítima mortal. Acabou por abandonar o local quando se terá apercebido do estado das vítimas.

Fonte: http://www.cmjornal.xl.pt


www.amigosdebolso.com.br

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Páscoa é a data mais importante do ano para algumas crenças

Evangélicos, judeus e católicos celebram a Páscoa com diversos rituais próprios. Apesar das diferenças, período marca libertação e renovação para os fiéis

Fonte: http://www.opovo.com.br

Para diversas crenças, este final de semana é o período mais importante do ano. Católicos, evangélicos e judeus celebram a Páscoa, cada um a seu modo, como forma de renovação. Entre festejos e complexidade de ritos, as três têm, apesar de uma raiz comum, diferenças significativas.

 “A páscoa judaica foi quem gerou a páscoa cristã”, frisa Yehudah ben Israel, rosh (líder) da Congregação Israelita da Nova Aliança de Fortaleza. Para os judeus, o festejo, que tem início hoje e dura sete dias e também é tratado como pessach, marca a fuga do povo escravizado do Egito. “É a vontade do nosso deus em libertar o povo que estava cativo há mais de 210 anos”. Pessach significa “salto”, em referência ao anjo da morte que puniu os egípcios e deu fim ao sofrimento dos judeus.

A coincidência do nome entre cristãos e judeus se dá porque a Paixão de Cristo aconteceu no início da pessach. Contudo, as duas cerimônias pouco têm em comum. Este ano, as duas datas coincidem, mas, nem sempre acontece a coincidência. Para os judeus, a data acontece entre os dias 15 e 23 de nissan (mês do calendário hebraico equivalente a março ou abril no calendário ocidental) - este ano, vai do dia 15 ao dia 21 de nissan. O primeiro e o último dia da celebração têm valor de dia santo. “Neles, o judeu não faz obra nenhuma”.


Para os católicos, os rituais começam uma semana antes do dia em que é comemorada a ressurreição de Jesus, no Domingo de Ramos. Hoje, a Sexta-feira da Paixão, é o dia mais atípico da religião: é o único do ano litúrgico em que não há missa, apenas uma celebração da cruz. “Se Jesus estava morto na sexta-feira, não tem sentido, para a Igreja, celebrar uma missa”, pontua o engenheiro civil, filósofo e estudante de teologia José Ricardo Bezerra. Neste dia, não há consagração da eucaristia.


Segundo o pastor Munguba Júnior, presidente do Conselho de Orientação do Ensino Religioso do Estado do Ceará (Conoefi) e presidente da Igreja Batista Comunidade do Amor, a maior celebração dos evangélicos é no domingo de Páscoa. “É uma celebração de alegria. Por ser uma igreja mais recente, não temos tantos rituais. (...) A única coisa que colocamos é que as famílias aproveitem o feriado para conversar sobre a importância do sacrifício de Cristo para a nossa vida”.


Alimentação

As diferenças seguem também em costumes como a alimentação. No judaísmo, o pessach é celebrado como jantar, e as comidas são lembranças do que os antepassados consumiram no êxodo, como pão sem fermento (matsa). Para os católicos, o feriado é especialmente a Sexta-feira da Paixão, quando é recomendado o jejum, enquanto evangélicos não têm impedimento em consumir carne.



Serviço

Semana Santa na Catedral Metropolitana

Celebração das Horas
Quando: hoje, às 9 horas.


Celebração da Paixão e Morte do Senhor

Haverá procissão do Senhor morto pelas ruas do Centro
Quando: hoje, às 15 horas.


Vigília Pascal

Quando: amanhã, às 20 horas.
Missa solene da Ressurreição


Haverá procissão do Senhor ressuscitado

Quando: domingo, 5, às 18h30min

Retiro

Quando: até domingo, 5

Local: Ginásio Paulo Sarasate (rua Ildefonso Albano, 2050)

Horário: hoje das 8 horas ao meio-dia; amanhã e domingo, 5, das 14 horas às 17h30min

Entrada franca.



www.amigosdebolso.com.br

Senador vai reescrever projeto que regulamenta atividade religiosa

Telmário Mota (PDT) afirma que o projeto foi elaborado para dar reconhecimento às atividades missionárias no Brasil

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br

Após a publicação no Gospel Prime da reportagem “Projeto regulamenta atividade religiosa; lei impediria até Jesus de pregar no Brasil”, o senador Telmário Mota informou que irá reescrever o projeto de Lei de sua autoria que visa regulamentar a atividade religiosa no Brasil.

A redação do projeto 123/2015 estabelecia que qualquer ministro religioso – o que incluí pastores e padres – deveria ter no mínimo o ensino fundamental para exercer suas funções. A medida impossibilitaria o ministério de religiosos humildes em regiões mais afastadas.

Quando soube do teor do projeto, o senador Magno Malta reagiu: “E como fica aquele pastor humilde que vive no interior do Amazonas, em uma região onde nem sequer existe escola, mas que conduz uma igreja grande, onde prega há 20 anos?”, questionou.

De acordo com o Guiame, o autor da proposta afirmou que o projeto será reescrito com abertura ao diálogo com representantes evangélicos. O senador do Roraima reconheceu alguns problemas na redação do projeto e decidiu por sua reformulação.

A atitude foi celebrada pelo senador Magno Malta e líderes evangélicos que elogiaram Telmário por sua pronta resposta e atitude humilde em reconhecer os problemas.

A assessoria do senador Telmário Mota também entrou em contato com o Gospel Prime para esclarecer a finalidade e o conteúdo proposto pelo projeto.

Em essência, o senador afirmou que o projeto tem como finalidade prover e garantir direitos como o de aposentadoria aos ministros religiosos e missionários. Telmário Mota se apresentou como amigo da comunidade evangélica.

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br


www.amigosdebolso.com.br

domingo, 5 de abril de 2015

"Somos a igreja do túmulo vazio", disse o Apóstolo Estevam Hernandes

Na noite deste domingo (5), Apóstolo Estevam Hernandes ministrou o Culto de Celebração da Família no Renascer Hall, sede internacional da Igreja Renascer em Cristo. Confira a seguir o resumo.

Fonte: http://www.igospel.org.br
Ana Paula Bassornia - Redação iGospel
Fotos: Bruno Brós

Texto base: João 11:25 a 26

Tema: Os milagres proféticos da ressurreição


Apóstolo Estevam Hernandes, Igreja Renascer (Foto: Bruno Brós)
Apóstolo Estevam Hernandes - Renascer
Todas as coisas no mundo espiritual são habilitações. Todas essas coisas funcionam de forma que precisamos estar habilitados para vivê-las

O plano de Deus tem começo, meio e fim.  Jesus, no seu ministério, realiza três grandes e poderosas ressurreições proféticas, para ter habilitação para ressuscitar ao terceiro dia (Romanos 8:11).

Se em nós habita o espírito de vida que ressuscitou a Jesus dos mortos, significa que em nós habita o poder da vida. Jesus veio para que tenhamos vida em abundância (João 10:10).

Os fatores que o diabo uso para tirar a nossa vida abundante é

1- A malignidade das contendas

O espírito de contenda mata a possibilidade de você viver bem. Faz com que você seja roubado no tempo.

2- Desconfiança

Somos induzidos a desconfiar de tudo. Muitas vezes, desconfiamos até que as pessoas próximas não nos amam de verdade.

Às vezes, transportamos essa desconfiança para Deus, porque não temos um coração liberal e não acreditamos que Ele pode realizar grandes coisas em nossas vidas

3- O esfriamento espiritual (apostasia)

De maneira imperceptível, esfriamos na fé. Não oramos mais, não lemos mais Bíblia, não adoramos mais ao Senhor e começamos a nos entregar a sentimentos carnais e não mais espirituais. Através destes sentimentos carnais, o inimigo coloca sobre nós a morte espiritual. Onde há morte, não há vida abundante.

Deus quer te dar uma poderosa vida abundante, isto é, aquilo que estava morto vai ressuscitar, e você vai reviver.

Relembre alguns milagres que Jesus realizou:

1- O milagre da filha de Jairo (Marcos 5: 21 a 43)

Jairo creu que Jesus poderia fazer o milagre. Muitos fariseus riram quando Jesus disse que sua filha não havia morrido, mas dormia. Aquela menina estava em uma cama. Jesus caminhou em direção a ela e disse: “Talita-Cumi, levanta e anda!”.

Muitas situações vão sair da cama, porque o Senhor trouxe ressurreição.

2- O filho da viúva de Naim (Lucas 7:14)

O menino estava no caixão, a caminho cemitério. Vendo-o, o Senhor tocou no esquife e disse ao menino: “Levanta-te!”. Imediatamente, aquele menino ressuscitou.

O poder da ressurreição vai entrar em todas as áreas mortas da tua vida. Nada do que é teu vai para o cemitério, ninguém vai celebrar a tua morte, mas o Senhor está colocando sobre a sua vida o poder da ressurreição.

A festa da morte vai se transformar na festa da vida.

3- O milagre de Lázaro (João 11)

O chamado da ressurreição é específico. Lázaro estava morto há quatro dias. No local, também havia vários outros mortos.

Na Palavra de Deus, Jesus fala: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz e me seguem.”.

Jesus disse: “Lázaro, sai para fora!”. Apenas Lázaro saiu, porque ele foi chamado para a ressurreição.

A voz poderosa do Senhor te chama para a ressureição!

O Senhor vai te tirar da cova da morte, da cova em que você está sem esperança, da cova em que foi colocada a sua família! Hoje, o Senhor te chama! O Senhor vai desatar todas as amarras da sua vida.

O Senhor vai te desatar para o milagre da ressurreição.

Estamos vivendo um tempo de mortos. As pessoas são mortas brutalmente! O império da morte está reinando, mas o poder da ressurreição está liberado para a igreja de Jesus Cristo.

O que está na cama vai ressuscitar! Jesus vai te tirar da cova, e todos os que riram da tua situação difícil vão entender que há um ressurreto!

Depois desses três milagres de ressurreição, vêm as duas mais poderosas ressurreições.
Após o Senhor estar habilitado, os céus e a Terra se enchem desse poder, e o Senhor Jesus é crucificado em Jerusalém.

Mas, quando Satanás em seu trono de miséria achou que havia vencido, ao terceiro dia, houve um grande terremoto, e o infernou virou de cabeça para baixo, porque Jesus havia ressuscitado. Essa foi a primeira grande ressurreição após a morte!

Nós somos a igreja que crê nessa verdade! Nós somos a igreja do túmulo vazio!

A segunda grande ressunção após a morte foi a minha, foi a nossa (2 Timóteo 2:8).

Estávamos mortos nos nossos pecados e nos nossos delitos, mas a ressurreição entrou em nossas vidas.

Estamos aqui, porque ressuscitamos, e seremos revestidos de uma veste celestial e vamos ressuscitar com Cristo.

O poder de ressurreição é colocado sobre a igreja. Não há um servo de Deus que esteja morto.

Um dia, o vento do Espírito Santo soprou nesse lugar, de forma que a pedra foi retirada e Jesus ressuscitou.

O senhor vai ressuscitar seu ministério, os dons que foram colocados na sepultura, a vida profissional que o diabo quis enterrar, porque nós temos o poder da ressurreição e, antes de três dias, a pedra vai explodir, e o Senhor vai te ressuscitar  e trazer à existência aquilo que não existe (Ezequiel 37: 13) .

Nessa noite, o Senhor está abrindo as sepulturas. Ainda que esteja cheirando mal, não importa, porque a ressurreição vai trazer o bom cheiro de Cristo.

E, se você não tinha mais forças, o Senhor vai te dar a visão de Ezequiel 37. Olhe para o vale de ossos secos!  O que você está enxergando? O senhor está te dizendo: “Profetiza, filho meu!”.

Você crê que esses ossos podem renascer?  Você crê que seu casamento pode renascer? Você crê que essa situação pode voltar a ter vida? Profetize e chame dos quatro cantos o Espírito de Deus! Esse vale de ossos secos se transformará em um grande e poderoso exército.

Receba o poder da ressurreição. É Páscoa do Senhor. O nosso redentor vive!


Fonte: http://www.igospel.org.br
Ana Paula Bassornia - Redação iGospel
Fotos: Bruno Brós


www.amigosdebolso.com.br

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Comadef reúne música gospel, pregação e oração no Poliesportivo

Os fiéis da Igreja Assembleia de Deus participaram, na noite de quinta, da abertura da 37ª edição do Comadef, no Poliesportivo Pedrocão.

Fonte: http://gcn.net.br

A comunidade evangélica da Igreja Assembleia de Deus abriu, na noite de ontem, 2, a programação da 37ª edição do Comadef (Congresso da Mocidade das Assembleias de Deus de Franca). O evento reúne música gospel, momentos de pregação, louvor e oração e acontece até sábado, no Ginásio Poliesportivo Pedrocão em Franca SP.

Comadef - Congresso para jovens é promovido pela Assembleia de Deus

Com o tema A Unção faz a diferença, o Comadef reúne pregadores e nomes da música gospel de reconhecimento no universo evangélico. Hoje e amanhã, as atividades começam às 18 horas e seguem até às 22h30. A expectativa é reunir 20 mil pessoas.

Fonte: http://gcn.net.br


www.amigosdebolso.com.br

Lagoinha transforma boate em igreja e atrai jovens: “é atraente para eles”

Em seis meses de trabalhos a igreja já tem cerca de 650 membros

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br
Informações: Encontro BH

A Igreja Lagoinha Savassi, localizada na zona sul de Belo Horizonte (MG) tem atraído um grande número de jovens por ser uma igreja completamente diferente da sede – que fica na Vila Gustavo- não apenas diferente na sua estrutura, por estar dentro de uma boate, mas diferente em suas liturgias.

As paredes da Savassi são pretas e dentro as iluminações são semelhantes a de casas noturnas, estabelecimento comum no bairro, tanto é que o local já foi espaço de sete boates até se tornar uma igreja.

Os cultos acontecem nas quartas, sábados e domingos e são liderados pelo pastor Flavinho Marques, 29 anos, e pelo pastor Victor Passos, 27 anos, com o objetivo é atrair cada vez mais o público jovem.
“Por ser em um bairro boêmio, que atrai muitos jovens, investimos em um trabalho para deixar com a cara do lugar. O nosso alvo é o frequentador da Savassi e também o morador da região sul. A igreja já é diferente porque é dentro de uma boate. As paredes são pretas, o louvor tem uma ‘cara’ de boate, com jogo de luz. A mensagem é inspiradora, temática, para que a gente consiga alcançar os jovens. É atraente para eles”, diz o pastor Marques.

Passos também comenta que eles acolhem todas as pessoas que chegam até a Lagoinha Savassi, até mesmo as que entram sem saber que é uma igreja. “A gente recebe pessoas que nem sabiam que era uma igreja e entrou lá. A estrutura já deixa o visitante à vontade, porque o interior é escuro e a luz, baixa. A nossa intenção é de receber todas as pessoas, da melhor forma possível. Se alguém chegar com cheiro de cigarro, ou cheiro de bebida, ela vai ser recebida da mesma forma. A gente quer que essas pessoas tenham uma experiência com Jesus.”

Os cultos começaram a ser realizado em outubro de 2014 e no Réveillon de 2015 a igreja foi inaugurada oficialmente. Ao longo desses meses muitos jovens se interessaram pela igreja que hoje conta com cerca de 650 fiéis.

“O que me atraiu foi justamente esse visual diferente. No primeiro momento, achei estranho, mas, depois que comecei a frequentar mais, vi que, apesar de toda estrutura, é uma igreja séria, em que a palavra de Deus é pregada”, disse a estudante Fernanda Lucas, de 21 anos, frequentadora da Lagoinha Savassi há seis meses.


Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br
Informações: Encontro BH



www.amigosdebolso.com.br

Marca de ovos de Páscoa com mensagens cristãs é boicotada por donos de supermercado

Um empresário britânico resolveu que as embalagens de seus ovos de páscoa trariam mensagens sobre Jesus Cristo, mas acabou enfrentando uma resistência dos donos de supermercados, que recusaram vender seus produtos.

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br

A tradição dos ovos de Páscoa são uma faceta comercial para o feriado que celebra a morte e ressurreição de Jesus Cristo. Muitos cristãos enxergam essa questão como uma distorção do propósito da data, enquanto outros tentam usar as circunstâncias para dizer o real significado da Páscoa.

Um empresário britânico resolveu que as embalagens de seus ovos de páscoa trariam mensagens sobre Jesus Cristo, mas acabou enfrentando uma resistência dos donos de supermercados, que recusaram vender seus produtos.

A marca “The Real Easter Egg” (“o ovo de páscoa real”, em tradução livre do inglês) coloca ilustrações sobre a história da crucificação e ressurreição de Jesus nas embalagens.

A retaliação dos donos de supermercados à iniciativa usou como argumento “as vendas fracas destes ovos nos anos anteriores” para recusar o produto em suas prateleiras.

Segundo informações do Christian Headlines, o fundador da fábrica, David Marshall, afirmou que os cristãos que desejam ver os produtos à venda novamente deveriam protestar para forçar os donos de supermercados a colocarem os ovos à venda novamente.


“Os supermercados só vão ter 12 ovos por vez em exposição… Assim, se você quiser muito comprar os nossos produtos, tente uma loja local ou um dos varejistas online. Fazemos o nosso melhor a cada ano para argumentar com os donos de supermercados sobre estocar mais dos nossos ovos, mas se você não achá-los nestes grandes comércios, vá em outros lugares”, sugeriu Marshall.

A postura adotada pelo empresário parece ter surtido efeito, e algumas redes de supermercado, como Tesco, Waitrose e Morrison resolveram solicitar lotes dos ovos de Páscoa da “Real Easter Egg”.

A decisão das redes de varejo foi elogiada pelo arcebispo de York, John Sentamu: “Com milhões destes ovos vendidos, estou muito contente que estas redes aceitaram o desafio de continuar vendendo estes produtos. Apelo a Sainsbury, Asda, e à Co-operative para dar a seus clientes a mesma escolha”, afirmou, revelando o nome das empresas que se recusaram a vender o produto.

Fonte: http://noticias.gospelmais.com.br


www.amigosdebolso.com.br

Sermão do Monte reúne milhares de pessoas na Orla




A edição 2015 traz o tema “Ampliando os Sonhos”

Fonte: http://www.infonet.com.br/
Por: Verlane Estácio

A biomédica Adriana Medrado é frequentadora assídua do eventoMilhares de pessoas compareceram a Praça de Eventos da Orla da Atalaia para a 18ª edição do Sermão do Monte. Com o tema “Ampliando os Sonhos”, o evento começou nesta sexta-feira, 2, se estende até este sábado, 3.


O pastor Zoar Assuero, que é um dos coordenadores do evento, fala da importância do Sermão do Monte, que já está em sua 18ª edição. “São 18 anos de bênçãos, marcando as famílias com as bênçãos de Deus nesta semana para todo cristão, sendo católico, espírita ou evangélica, é especial, e nos faz lembrar o sacrifício de Jesus. O Sermão traz exatamente essa mensagem de relembrar os sacrifícios de Jesus e esse resgate para a família”, comenta.

O pastor Zoar Assuero, que é um dos coordenadores do evento, fala da importância do Sermão do MonteA programação diversificada é um dos grandes atrativos do evento, segundo o pastor.  O evento traz muita dança e grupos. A gente tem crianças dançando, grupos de hip hop, dança clássica e contemporânea. É um evento de muita alegria, que também traz a encenação da Paixão de Cristo e as atrações gospel, que são a marca do Sermão do Monte.

Evento reúne pessoas de todo o estadoA biomédica Adriana Medrado é frequentadora assídua do evento. "É um contato com Deus um evento muito bem organizado. É sempre bom a gente procurar algo que fale de Deus", comenta.

Programação

O evento é uma realização da  Igreja do Evangelho Quadrangular (IEQ) e transforma o evento é um grande culto ao ar livre. A expectativo do evento é receber aproximadamente 50 mil pessoas vindas de todos os cantos do Estado.

A edição 2015 traz o tema “Ampliando os Sonhos”(Fotos: Portal Infonet)Nesta sexta-feira, houve encenação da Paixão de Cristo e apresentações de grupos de dança, do Coral Quadrangular, Ministério do Louvor, Laressa Abreu, além de pregação com o pastor Luiz Antônio e show do cantor Nani Azevedo, uma das atrações mais aguardadas da noite.

A programação continua no sábado, 4, com grupos de dança, Coral Quadrangular, Ministério de Louvor, o cantor Lucas Abreu, pregação com o Pastor Luiz Antônio, apresentação da Peça Teatral "Aliançados" e show do cantor David Sacer.

Fonte: http://www.infonet.com.br/
Por: Verlane Estácio


www.amigosdebolso.com.br