terça-feira, 29 de setembro de 2015

Justin Bieber quer se livrar da fama de bad boy: 'Jesus foi minha salvação'

Cantor aparece acorrentado em ensaio para revista, onde fala sobre religião e relembra namoro com Selena Gomez: 'Aprendi muito. Era como uma vida de casados. Morar com uma garota era muita coisa para a minha idade. Mas a gente estava tão apaixonado'

Fonte: PurePeople
Por: Júlio Parentes

Justin Bibeber
Justin Bieber está realmente disposto a mudar a imagem de jovem rebelde. Aos 21 anos, o cantor foi às lágrimas ao ser ovacionado no palco do VMA, no mês passado, e agora se apega à religião. "Eu amo Jesus e essa foi minha salvação. O que eu realmente quero é que as pessoas vejam nesse novo capítulo da minha vida não é o Justin Bieber artista. Quero que as pessoas me vejam e sintam como uma pessoa com quem eles podem se conectar", conta o jovem à edição de outubro da revista "Complex".

Ciente de que foi um mau exemplo, como em sua polêmica passagem pelo Brasil no fim de 2013, o artista promete mostrar que está em uma fase melhor. "Não vou me desculpar pelas coisas que eu fiz porque acho que elas permitem que eu tenha uma história. Agora eu passei pela minha fase e vou mostrar que fiquei melhor", acrescenta.

O rapaz aparece acorrentado e submerso em água nas páginas da revista, em analogia à sua reinvenção. "Minha fé me levou a um outro nível, adoro falar sobre ela. me sinto melhor e mais livre agora que sei o que posso ou não fazer. Não vou deixar que a minha voz não seja ouvida e vou usá-la por uma razão", diz Bieber, que viralizou nas redes após compartilhar uma foto nu de costas.
Agora cristão, ele espera seguir os passos de Jesus Cristo. "Eu só quero, sinceramente, viver como Jesus. Não ser ele - eu jamais poderia. Jesus criou um modelo impressionante de como amar as pessoas e ser gentil e agradável", prega o músico, cujos vizinhos festejaram sua mudança de condomínio, no fim do ano passado.

Justin Bieber comenta relacionamento com Selena Gomez: 'Aprendi muito'

À publicação, Bieber ainda falou sobre o conturbado namoro com a cantora Selena Gomez., quem ele acredita ser sua alma gêmea. "Não se apaixonem! Estou brincando... Eu aprendi muito! Era como uma vida de casados. Morar com uma garota era muita coisa para a minha idade. Mas a gente estava tão apaixonado e nada mais importava. Mas sempre quando você aposta tudo em alguém as pessoas acabam te decepcionando", declara.

Para o canadense, o relacionamento com a artista ainda rende certo trauma. "Amor é uma escolha, não um sentimento. A gente tem que se cicatrizar. Você fica assustado e acaba não fazendo algumas coisas porque seu último relacionamento não deu certo".

Leia mais em: http://www.purepeople.com.br/



www.amigosdebolso.com.br